Pesquise no site da PIB:

 

 

 

                        

TEXTO – Romanos 12:9-21 (VERSO 12)

“Alegrai-vos na esperança, sede pacientes na tribulação, perseverai na oração. ”

 

  1. INTRODUÇÃO:

Nesta semana (31.10) celebramos os 500 anos da Reforma Protestante e no domingo passado aprendemos que no coração da reforma estava a doutrina da justificação, que apresenta as cinco teses principais da reforma, ou seja, somente a graça, mediante somente a fé somente em Cristo, apresentada somente pelas Escrituras e assim toda Glória seja dada somente a Deus.

Hoje vemos a reforma na vida destes queridos irmãos que passam pelas aguas do batismo e que estarão assim como nós passando por uma reforma constante em suas vidas. Para cooperar com esta reforma o capitulo doze de Romanos, principalmente dos versos 9 a 21, nos apresentam virtudes para enriquecer a vida cristã. A começar do amor temos uma relação indispensável para o desenvolvimento do nosso serviço e comunhão. Hoje nós vamos atentar para a trilogia que aparece no verso 12, são virtudes importantes que nos darão a vitória na lida diária. Você que nesta manhã deu sua publica profissão de fé não pode esquecer destes conselhos.

  1. DIVISÃO:
  2. “REGOZIJAI-VOS NA ESPERANÇA”

Não podemos esquecer que a esperança é a razão da nossa alegria.

Romanos 5:2-4 – o apóstolo Paulo afirma que o cristão deve se alegrar na certeza de que todas as promessas de Deus irão se cumprir, sobretudo com respeito a salvação, e em Efésios 1:3, ainda confirma “nos abençoou com todas as bênçãos espirituais”.

Esperança é aguardar - ter paciência, pois enquanto aguardamos suportamos com paciência as provas.

Esperança é ser motivado - ela nos motiva nos anima, pois, o objetivo a ser alcançado vale a pena.

Esperança oferece consolo e libertação do medo da morte e do inferno – Gálatas 5:5.

Esperança faz parte dos três elementos básicos da fé – I Coríntios 13:13.

Esperança é um presente de Deus – II Tessalonicenses 2:16.

 

  1. “SEDE PACIENTES NA TRIBULAÇÃO”

Romanos 8:25 – é difícil esperar o que não vemos, por isso precisamos ter paciência – não sabemos o tempo do cumprimento.

Atos 14:22 – as tribulações nos ajudam a entrar no céu.

Este é o objetivo das provas, nos aproximarem de Deus.

A tribulação não nos deixa sair dos propósitos de Deus para nossa vida.

Com paciência agüentamos as dificuldades com resignação, sem queixas.

Perseveramos nas promessas.

 

  • “NA ORAÇÃO PERSEVERANTES”

Para nos alegrar na esperança e ser pacientes na tribulação, precisamos do consolo e auxilio do Senhor, o que só encontramos na oração.

Tiago 5:13 – o único remédio – alimenta a paciência.

II Coríntios 4:16-18 – perseverar mesmo quando as circunstancias são contrarias.

A oração não nos deixa duvidar de Deus.

  1. CONCLUSÃO:

O Espirito Santo é quem age em nossas vidas, a fim de nos fazer abundar nestes conselhos e nos fazer colocar em pratica cada um deles.