A primeira Mulher em Destaque do nosso blog é a irmã TÂNIA SIRO. Ela  nasceu na cidade do Rio de Janeiro no dia 13 de Setembro de 1971 (43 anos); é casada com Paulo Siro há 20 anos e mãe dos gêmeos Ana Carolina (Carol) e Paulo Siro que têm 17 anos. É membro da PIB do Brás desde o dia 17 de Junho de 2007 quando se transferiu com seu esposo  da Igreja Batista de Lorena/SP.

Quem vê a irmã Tânia na cozinha da nossa igreja na “beira” do fogão preparando os lanches e pratos deliciosos para as cantinas ou almoços não é capaz de imaginá-la como servidora pública usando um fardamento (incluindo uma pistola Ponto 40) da Polícia Militar do Estado de São Paulo. Ela é Primeiro Sargento da Corporação, função que ocupa há oito anos  e desenvolve suas atividades na Corregedoria da Polícia Militar que tem a principal tarefa de assegurar a disciplina e a apuração das infrações penais na Corporação.  A Corregedoria fica localizada na Luz e ela trabalha oito horas diárias. Ocupa um cargo de confiança, assessorando o Comandante do departamento onde trabalha. Tem sob sua responsabilidade uma equipe de oito homens que dão providências ao seu trabalho.  Quando começou a trabalhar na Corregedoria fez parte de uma equipe composta de 12 Policiais Militares. Era a única mulher da equipe. “Tirou de letra” o trabalho e não deixava a sua condição de mulher impedir o desempenho com excelência do seu trabalho.

Ingresso na Polícia Militar

A Sargento Tânia Siro está na Polícia Militar há 22 anos (1992).  Ela veio de um lar humilde do interior do Estado de SP. Sua mãe era doméstica e sua avó materna lavadeira. Passava por dificuldades financeiras quando um dia, caminhava pelas ruas de Lorena onde morava, viu uma faixa na cidade que convidava as mulheres para ingressarem na Polícia Militar. Estava desempregada e viu naquela faixa uma oportunidade de trabalho. Precisou juntar moedas com a sua mãe para pagar a inscrição no processo seletivo.  Soube depois de inscrita no concurso que eram seis mil candidatas  para 36 vagas. Foi uma seleção árdua, longa e extremamente  difícil. Tânia já era uma serva do Senhor Jesus Cristo e esperava n’Ele a vitória.  O Senhor foi fiel e lhe deu a tão desejada vitória. Ela foi uma das 36 mulheres aprovadas para ingressar na PM. Quando soube da sua aprovação através de um telegrama, a primeira coisa que fez foi ajoelhar-se aos pés do Senhor e agradecer a vitória alcançada.

O Sonho

A Sargento Tânia é uma mulher decidida,  forte e que não tem medo de assumir riscos e desafios em nome dos seus sonhos.  Quando entrou na PM  pôs como sonho profissional  ser uma  Primeiro Sargento. O caminho não foi fácil. Não mediu esforços para chegar a promoção. Em 2001 fez um concurso interno onde foi aprovada para a graduação de Cabo da PM, dando início a ao seu sonho de ser sargento. Posteriormente, quando já morava em São Paulo, fez um  concurso interno para ingressar  na Escola de Sargentos da PM e depois de aprovada, estudou durante oito meses. Na época (2005) eram mil homens e apenas 30 mulheres que fizeram o curso para a patente.  As atividades foram intensas, incluindo atividades físicas, defesa pessoal, trabalho na madrugada fazendo guarda da Escola, aulas de tiro e intensas horas de estudo teórico. Chegava em casa a meia noite. Dormia até as três horas da manhã e estudava até as cinco horas.  Ao final do processo foi aprovada em 6º lugar.  Foi  a conquista do seu sonho.

O apoio do Marido

Durante a nossa entrevista a Sargento Tânia referiu inúmeras vezes que se não fosse a ajuda e o apoio do seu marido Paulo Siro não teria conseguido concretizar o seu sonho e desenvolver seu trabalho. Relembrou que enquanto estudava na Escola de Sargento era ele quem cuidava e supria todas as necessidades dos seus filhos pequenos, favorecendo que ela pudesse estudar e dar conta das atividades. Eles se casaram em 5 de Agosto de 1994 em Lorena e se conheceram na Polícia Militar onde ele já trabalhava.  São 20 anos de casamento e companheirismo.

Fazer o bem

Não deixes de fazer bem a quem o merece, estando em tuas mãos a capacidade de fazê-lo. ” Provérbios 3:27

 Este é o lema da irmã Tânia incluindo o seu trabalho profissional. “Se não puder fazer o bem, não faço o mal. Não atrapalho a vida de ninguém.”  Por isto, é muito querida e amada pelos seus colegas de trabalho.

Para terminar…

No final da nossa entrevista, a Sargento Tânia disse que atrás da farda que usa  tem um coração que bate. Afirmou que um dos seus maiores prazeres  e orgulho é fazer parte da tropa da Polícia Militar do Estado de SP. “Eu nasci para isto! Tenho a obrigação de zelar pelo meu nome, pelo nome do meu marido e principalmente pelo meu nome como uma mulher cristã que serve ao Senhor Deus, dono da minha vida. Não posso errar. Deus é fiel  e nunca me abandonou. Ele já me livrou de tantos perigos que são da profissão. Por isto, tenho que ser muito boa no que faço. Tudo que tenho é presente de Deus

DSC_0155

                                         Marília Viana Berzins entrevistando Tânia Siro

Fotos: Leandro Silva

One Response to TÂNIA MARIA DOS SANTOS MACHADO SIRO