Cordel em Homenagem as Mães

Mãe
Ela tem o poder
De carregar toneladas
de amor
E de ternura
Com a infinidade de
Bravura
E uma luz
Que jamais se apaga
Pois seu brilho
É capaz de iluminar o caminho
Que vamos percorrer
Se arrisca
só para nos proteger
Não importa
por onde a gente for

O que ela consegue me ensinar
Não há curso ou escola
Que consiga
A maior Professora e grande amiga
Com milhões de conselhos
Pra lhe dar
Uma fonte impossível de secar
Do mais puro e genuíno saber
Já vi mãe que nem aprendeu a ler
Mas consegue dar aula
A um doutor

Tem o dom de somar
Pra expandir a fartura
Que alegra o coração
Mas se acaso for pouco o nosso pão
Entra em cena o seu dom
De repartir
Uma mestra capaz
de dividir uma gota de água
Pra beber
Um grãozinho
de arroz para comer
Nessa hora
É que o pouco
Tem sabor

Sei que a alma da mãe
É uma janela
Que não tem cadeado
Nem ferrolho
Basta olhar
Lá no fundo do olho
Que a gente
Atravessa e entra nela
Nessa hora
Tanta coisa se revela
Fica tudo mais fácil de entender
Que até antes mesmo de nascer
Você já tinha
Um anjo protetor

A se Deus desse
a mãe eternidade
A se houvesse
um farelo de esperança
Mas o hoje
Já já vira lembrança
E a lembrança
Já já vira saudade
O relógio
em alta velocidade
Deixa claro
que não vai retroceder
Não espere sofrer
Pra perceber
Não espere perder
pra dar valor

Curta, compartilhe e abençoe famílias. Compartilhe palavras de esperança, envie as mensagens para alguém e espalhe a Palavra de Deus.

Deixe um comentário