Deus conhece o nosso coração!

A Leitura Bíblica de hoje é:
1Samuel 11 e 12 📜
Salmos 59 e 60 🎼

📜”Então, disse Samuel a todo o Israel: Eis que ouvi a vossa voz em tudo quanto me dissestes e constituí sobre vós um rei.”
(1Sm 12:1)

Deus conhece o nosso coração!

No versículo 1Sm 12:1 lemos: “constituí sobre vós um rei”. O processo da ascensão ao trono foi completado, e o discurso de Samuel no capítulo 12 marca o fim do período dos juízes.

Samuel (1Sm 12:3-15) apresenta aqui três argumentos para compelir o povo a reconhecer a sua própria culpa em pedir um rei:
1º convida o povo a concordar que ele tinha sido um líder inculpável (vs. 4-5).
2º ressalta que, no passado, sempre tinha sido o Senhor quem nomeava líderes (v. 6) e que estes sempre tinham revelado ser plenamente adequados (vs. 7-8).
3º enfatiza que, mesmo quando os israelitas “esqueceram-se do SENHOR, seu Deus”, o Senhor fora gracioso para com eles.

Embora os sujeitasse à opressão dos inimigos (v. 9), Ele atendia suas confissões de pecado e seus rogos por livramento (v. 10) e suscitava juízes, entre os quais estava o próprio Samuel (v. 11). Dentro desse contexto da suficiência da provisão do Senhor, a exigência do povo em ter um rei humano, embora o próprio Senhor fosse seu rei (v. 12), pode ser considerada rebelião (Cap. 8.7). Mesmo assim, a monarquia pode ter sucesso, se tanto o rei quanto o povo temerem ao SENHOR, o servirem e atenderem à Sua voz (v. 14).

(B.E. Genebra, 1999, pg. 327)

Questões:
– Você já tomou decisões sem consultar a vontade de Deus em oração?
– Na sua avaliação pessoal, você reconhece Deus como seu rei?
– Jesus disse que não nos chamava servos, mas amigos (João 15.15).
Você é um amigo (a) em quem Jesus pode confiar?

A leitura coletiva da Bíblia em 1 ano é uma atividade anual, promovida pelo Instituto Bíblico, parte do MEC (Ministério de Educação Cristã) da PIB do Brás, liderado pelo irmão Saulo Calixto.

Curta, compartilhe e abençoe famílias. Compartilhe palavras de esperança, envie as mensagens para alguém e espalhe a Palavra de Deus.

Deixe um comentário