Qual o tamanho do seu Deus?

No culto vespertino desse domingo, 30/05/2021, o pastor Marcos Peres nos levou ao evangelho de Lucas, capítulo 10, a partir do verso 38, para descobrimos um lar onde a palavra do Senhor Jesus era ouvida com atenção, assim como a palavra de exortação do Senhor era ouvida com respeito e que neste lar Jesus se sentia à vontade. Ele ensinou as irmãs com amor pois tinha liberdade para lá ficar, ensinar e exortar. Que possamos receber a cada dia, com alegria, os ensinos de Jesus. Mas que também possamos como família receber as exportações necessárias para nosso crescimento como família. Que possamos fazer como Maria e aproveitar os ensinamentos e como Marta aceitar as exortações.

Essa família também recebeu algo mais do Senhor. No evangelho de João, capítulo 1, a partir do verso 1 vemos que no momento de necessidade eles se lembraram de Jesus porque tinham aprendido com ele e aceitado sua exortação. No verso 11 percebemos que Marta sabia que a presença de Jesus faria diferença na vida de seu irmão. E ao declarar (v. 25) “Eu sou a ressurreição e a vida…”, Jesus abre a oportunidade para a confissão de fé de Marta. E vemos um Cristo que, meio a tantas situações de sofrimento com aqueles que ama, “Jesus chorou” (v. 35) e pela fé deles realizou um milagre extraordinário.

Mas as referências a essa família não acabam aí. Num momento de louvor, comunhão e adoração naquela mesma casa e com aquela família (Jo 12:1-3), muitos se voltaram a Jesus através deles (v. 5).

Qual o tamanho do seu sonho? Essa família experimentou a morte e viu seus sonhos sepultados. Mas a convicção de que o Senhor Jesus é a ressurreição e a vida e que quem crê nele, ainda que morra, viverá. Em todo tempo, bom ou ruim, o que faz a diferença é a essa crença.

Sejamos mais uma família a abençoar famílias com nosso testemunho de fé e de vida.

Curta, compartilhe e abençoe famílias. Compartilhe palavras de esperança, envie as mensagens para alguém e espalhe a Palavra de Deus.

Deixe um comentário