As exigências do verdadeiro discipulado

No culto vespertino deste domingo, 25/07/2021, o pastor Marcos Peres seguiu com as mensagens relacionadas ao tema da campanha das Missões Estaduais de 2021: Pesca para a vida. A mensagem foi sobre “As exigências do verdadeiro discipulado”, baseada em Lucas 14:25-33.

“Certa vez uma grande multidão estava acompanhando Jesus. Ele virou-se para eles e disse: — Quem quiser me acompanhar não pode ser meu seguidor se não me amar mais do que ama o seu pai, a sua mãe, a sua esposa, os seus filhos, os seus irmãos, as suas irmãs e até a si mesmo. Não pode ser meu seguidor quem não estiver pronto para morrer como eu vou morrer e me acompanhar. Se um de vocês quer construir uma torre, primeiro senta e calcula quanto vai custar, para ver se o dinheiro dá. Se não fizer isso, ele consegue colocar os alicerces, mas não pode terminar a construção. Aí todos os que virem o que aconteceu vão caçoar dele, dizendo: “Este homem começou a construir, mas não pôde terminar!” — Se um rei que tem dez mil soldados vai partir para combater outro que vem contra ele com vinte mil, ele senta primeiro e vê se está bastante forte para enfrentar o outro. Se não fizer isso, acabará precisando mandar mensageiros ao outro rei, enquanto este ainda estiver longe, para combinar condições de paz. Jesus terminou, dizendo: — Assim nenhum de vocês pode ser meu discípulo se não deixar tudo o que tem.” (Lucas 14:25-33 NTLH)

O Evangelho de Lucas é o único que registra essa passagem que é conhecida como a Parábola da Torre. Ela nos exorta a pensar sobre três condições para sermos um discípulo. 

(V. 26) As pressões internas que sofremos para sermos discípulos. Quem não nasceu num lar evangélico sente obstáculos dentro da própria família. (V. 27) Ser um verdadeiro discípulo de Jesus é negar-se a si mesmo. 

(V. 28) A primeira coisa que um verdadeiro cristão precisa fazer é refletir sobre o peso do compromisso. Pensar na sua família, nas questões que terá que resolver. Jogar fora as redes como fizeram os apóstolos quando chamados por Jesus é o certo, se usamos a solitude para refletir nesta escolha. Watchman Nee reflete que o primeiro dia de Adão foi o dia do descanso, de contemplação da criação e do trabalho que teria à frente. 

Em 1Jo2:15-17 temos uma visão da separação que devemos ter com o mundo. E o verso 28 também nos lembra que na vida tudo tem um preço.

Um bom soldado, um bom atleta, um bom agricultor não pode ser turista (na igreja), precisa ser um cidadão (do Reino) para alcançar seus objetivos perseverando, crendo ciente do compromisso e do peso da sua responsabilidade. Isso porque não é um compromisso qualquer, é com o Rei dos reis e o Senhor dos senhores. 

Veja e indique, abençoando famílias. Compartilhe palavras de esperança, envie as mensagens da nossa igreja para alguém e espalhe a Palavra de Deus pelas redes sociais.

Curta, compartilhe e abençoe famílias. Compartilhe palavras de esperança, envie as mensagens para alguém e espalhe a Palavra de Deus.

Deixe um comentário