Culto de oração (20/10/2021)

Continuando a série “Oração, nossa prioridade”, o pastor Marcos Peres (@pr.marcosperes) nos trouxe passagens bíblicas nas quais vemos homens de Deus intercedendo por outros.

Em Gênesis 18:22-32, vemos Abraão intercedendo pelos eventuais justos que poderiam estar nas cidades de Sodoma e Gomorra. Sabemos que nem dez justos foram achados lá, mas podemos aprender nesta passagem com o tom de diálogo que envolve este momento do pai da fé com Deus. Assim como na caminhada com seu filho Isaque para o monte Moriá, este que conhecemos como Amigo de Deus conversa com o Pai. Quantas vezes nós temos esta coragem em nossa conversa com Deus?

Essa foi uma das orações mais ousadas das quais temos registro na Palavra de Deus.

Em Êxodo 32:30-32, temos um registro de uma oração sacrificial, altruísta, de Moisés pelo povo que tinha errado. Ele arriscou sua própria salvação (v. 32) e negou uma oferta incrível, a de reiniciar o grupo a partir dos seus.

Na semana passada nós vimos muitas manifestações de idolatria do nosso povo e o que devemos fazer é seguir o exemplo de Moisés e interceder por este povo.

Temos também orações de tristeza. Assim como chorou por seu amigo Lázaro, Jesus chorou por Jerusalém (Lucas 19:41). Davi chorou por seus adversários (Salmo 69), assim como choraram Ezequias e Josias. Esdras chorou e com ele o povo todo pela situação que viviam, de infidelidade diante do Senhor.

Lágrimas derramadas diante de Deus são colhidas pelo Senhor e atendidas no momento certo.

Jeremias, chamado de profeta chorão, ganhou este apelido porque ele sofria pelo povo (Jr 8:21, Jr 9:1, Jr 13:17) que erra, que peca, que está distante do Senhor.

Mas quando oramos com sentimento nós percebemos o agir de Deus diante da situação.

Fechando com Romanos 9:1-4, o pastor nos lembrou da angústia do apóstolo Paulo por seus compatriotas, os judeus que não aceitavam a salvação em Cristo Jesus. É a dor de alguém que quer ver um parente, um filho, um pai, uma mãe, sendo alcançado. Quem já orou ou ora por um parente sabe o que é isso!

Que as nossas orações possam ser assim, altruistas como a de Moisés, ousadas como a de Abraão, emocionadas e regadas em lágrimas como a do Senhor Jesus, Davi, Ezequias, Esdras e Paulo, e confiantes de que o Senhor nos ouve.

Veja ou reveja o culto completo no canal do YouTube:

 

Curta, compartilhe e abençoe famílias. Compartilhe palavras de esperança, envie as mensagens para alguém e espalhe a Palavra de Deus.

One Response to Culto de oração (20/10/2021)

Deixe um comentário