Jesus Cristo, a verdadeira esperança para aqueles que creem

Um trecho da música que fechou, neste domingo, a celebração da Páscoa com o musical “Sim, eu creio!”, peça de autoria de Tom Fettke, com tradução de Remo Vieira e Vittor Borges, executada pelo Coral Principal e orquestra. 

 

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 

Uma publicação compartilhada por PIB do Brás (@pibdobras)

“JESUS CRISTO, VERDADEIRA ESPERANÇA PARA AQUELES QUE CRÊEM.”
(Romanos 10:5-21)

As pessoas sempre relacionam a esperança com crer, porque crêem em aquilo que traz esperança para eles. Só que às vezes colocam sua esperança em coisas erradas, ou mesmo em pessoas que acabam decepcionando eles. No contexto de America Latina, atualmente são muitas as situações de decepção que as pessoas têm experimentado por colocar sua confiança em pessoas, religiões ou coisas que não capazes de satisfazer as suas esperanças e expectativas.

Mas a situação atual em nossa região não é a única crise que a humanidade enfrenta. Outras regiões do mundo, e em outras épocas da história, as pessoas enfrentaram grandes crises econômicas, de saúde e morais. Só que uma decisão tomada por eles fez a diferença; um elemento poderoso determinou o avanço das pessoas que decidiram acreditar: crer em Jesus Cristo e deixar que o poder do Evangelho mude suas vidas,
È por isso que sim, nós cremos! É por isso que testificamos que Jesus Cristo é a verdadeira esperança para aqueles que crêem.

Por que Jesus Cristo é verdadeira esperança para aqueles que crêem?

Ele é verdadeira esperança para aqueles que crêem porque…

I. A sua presença e salvação é completamente acessível para nós (5-9).

Paulo apresenta para os romanos um caminho mais acessível para a salvação, um caminho que não depende dos homens, mas foi estabelecido pelo próprio Deus. Segundo as palavras do apóstolo, no passado a Salvação só era possível pelo cumprimento da Lei, o que era extremamente difícil e quase impossível; porém, pela fé, o acesso à salvação e à pessoa de Deus é mais fácil, entendendo-se que fácil não significa pouco valor ou que não teve nenhum custo. O que o apóstolo está tentando expressar é que alguém pagou o alto custo e fez tudo o que dificilmente é necessário para que você e eu possamos ter a salvação literalmente ao nosso alcance. A distância para a Salvação é tão alcançável que está a uma oração de distância, O acesso à pessoa de Deus é tão livre, que apenas uma declaração é necessária para entrar.

 II. Nele e por meio dele se cumpre a justiça de Deus para salvação. (10-13).

Quando falo da justiça de Deus, refiro-me ao que está estabelecido como a única, verdadeira e necessária coisa que Deus pede segundo a sua própria pessoa para declarar alguém inocente e conceder-lhe a salvação. Nesse sentido, Paulo estabelece três aspectos dessa justiça:
a)Baseia-se em Cristo e em sua obra, não nos atos da humanidade.
b)Tem uma maneira clara de ser executado: declaração pública do senhorio de Cristo e profunda fé em sua ressurreição.
c)Não faz distinção ou depreciação de raça, idade ou status social.

III.Seu povo dá testemunho dessa esperança para aqueles que não a conhecem (14-17).

Paulo traz uma realidade importante, que está intimamente relacionada com a Grande Comissão e a forma de cumpri-la: ninguém acreditará em Jesus se a igreja não se mover para espalhar o Evangelho. As pessoas crêem ouvindo a Palavra de Deus, mas é necessário trazê-la a elas. O povo de Deus precisa sair de sua zona de conforto para levar esperança às pessoas. Quão valiosas são as vidas daqueles que decidem aceitar o desafio de pregar o Evangelho da salvação.

Curta, compartilhe e abençoe famílias. Compartilhe palavras de esperança, envie as mensagens para alguém e espalhe a Palavra de Deus.

Deixe um comentário