Não repita os erros dos seus pais (Ez 18:1-4)

Neste domingo recebemos para o Culto Vespertino, às 18h30, o pastor Gabriel de Oliveira Porto, com mensagem “Não repita os erros dos seus pais”, baseada em Ezequiel 18:1-4, nos lembrando que “Deus não tem netos, Deus só tem filhos”. Cada um deve fazer sua escolha individual e buscar viver uma vida justa e os versículos seguintes do capítulo lido (Ez 18) nos traz uma história que ilustra essa realidade.

O profeta Jeremias (em Jr 31) traz o mesmo ditado, relembrando da promessa de uma nova aliança. Autor de livros nos quais explica questões espirituais, o pastor explica a maldição hereditária que é um tema de dúvidas e controvérsias no meio cristão. Trazendo sua própria história, com mãe crente e pai ímpio, o pastor trouxe lições sobre a fidelidade de Deus e a capacidade que podemos ter para suportar situações difíceis e a influência negativa dos pais (1Co 10:12-13) em que o fruto do Espírito (Gl 5:22) nos guiará para o que é o certo, fugindo do pecado contra o seu próprio corpo que é morada do Espírito Santo.

As más companhias que corrompem (1Co 15:34) são consequência dos espaços nos quais nós colocamos, por isso não devemos nos colocar em situações e circunstâncias que nos levem a pecar contra Deus (Sl 1) em meio a zombaria e iniquidade.

Você quer herdar a terra, viver no novo céu e na nova terra (Mt 5:3)? Escolha seguir o exemplo de Jesus e seja intencional ao negar o exemplo e os ciclos de erros dos seus pais, seus avós, seus colegas. Se você estiver diante de uma dúvida sobre uma atitude, se deve repetir o que sua família faz ou o que a Bíblia diz, escolha a Bíblia!

Temos que nos posicionar: o cristão tem que ser diferente, ser a luz para o mundo.

Destaque para a participação da Banda Coram Deo (@juventudeJPC) e inspiração musical com um solo da irmã Denilde Azevedo.

Veja (ou reveja) a mensagem no nosso YouTube.

E as fotos no nosso Facebook.

Curta, compartilhe e abençoe famílias. Compartilhe palavras de esperança, envie as mensagens para alguém e espalhe a Palavra de Deus.

Deixe um comentário