pastor Ricardo Augusto Arakaki

O que Jesus nos ensinou a pedir

O que pedir em uma oração

Geralmente, pedimos o que achamos que precisamos. Porém, nem sempre o que cremos precisar, é, de fato, o que realmente precisamos. Às vezes, somos como a criancinha com sono que, irritada, não reconhece que o que mais precisa é dormir e, por isso, chora, pedindo uma série de outras coisas que não a satisfazem e só a deixam mais irritada. Na oração que chamamos de “Pai nosso” (Mt 6.9-13), Jesus nos ensina a pedir aquilo que, de fato, precisamos. 

Que a vontade de Deus seja plenamente realizada. Muitos questionam: “Se Deus existe, porque há tanta maldade no mundo?” Certamente, realidades como fome, guerra e muitas doenças, seriam extinguidas caso o ser humano atentasse para dois mandamentos, amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a si mesmo (Mt 22.37-39). A maldade no mundo existe não porque Deus não exista, mas porque a Sua vontade não é obedecida. Se, antes, fosse obedecida, a terra se tornaria céu. Por isso, Jesus nos ensina a pedir: “Seja feita a Tua vontade, assim na terra, como no céu”. 

Que nos seja dado o pão nosso de cada dia. Isto é, o que é necessário para a existência de cada dia, nem menos, nem mais. Isto está em concordância tanto com o ensino do Antigo quanto do Novo Testamento sobre contentamento (Pv 30.8-9; 1ª Tm 6.6-10). Não poucos são atormentados ao caírem na tentação de tirarem os olhos do muito que se tem, para o que não se tem; do pouco que é necessário, para o muito desnecessário. Na sede de se ter tudo, acaba-se por perder tudo; na sede de ter o que não se tem – e o que não se precisa – acaba-se por se perder o que se tinha – e o que, de fato, se precisava. Por isso, o conselho paulino, “devemos estar satisfeitos se tivermos alimento e roupa” (1ª Tm 6.8). 

Que tenhamos paz com Deus e com as pessoas. Para se estar em paz com Deus é necessário estar em paz com as pessoas. Para se estar em paz com as pessoas é necessário estar em paz com Deus. Para se estar em paz com Deus é necessário reconhecer e confessar o pecado (1ª Jo 1.9). Para se estar em paz com as pessoas é necessário reconhecer o quanto foi perdoado por Deus e, assim, perdoar as, pedir perdão para, e ser perdoado pelas… pessoas (Mt 18.23-35). O pedido ensinado por Jesus, “perdoa-nos as nossas dívidas, assim como também temos perdoado os nossos devedores”, resume essa verdade.

Que não entremos em tentação. A tentação é como um redemoinho, quanto mais tempo se fica nele, mais difícil de sair. Por isso, o melhor é não entrar nele. Quem foge da tentação livra sua alma, mas quem nela cai é como uma ave que caiu na arapuca ou como um peixe que mordeu a isca. Dificilmente se escapa e o fim é a morte. “Não nos deixe entrar em tentação, mas livra-nos do mal” é, portanto, pedir pelo livramento da morte e pela continuidade da boa e verdadeira vida em comunhão com Deus e com Cristo.

Certamente, podemos pedir por outras coisas. Aliás, todos os nossos pedidos devem ser conhecidos por Deus (Fl 4.6). Esses pedidos, porém, ensinados por Jesus, são imprescindíveis à vida e, por isso, não podem faltar em nossas orações. Essas são as coisas que, de fato, precisamos, quer, como criancinhas, reconheçamos ou não. 

Texto do Pr. Ricardo Arakaki no informativo da PIB do Brás do dia 30/07/2023.

Veja (ou reveja) a mensagem do Culto de Estudo Bíblico sobre este tema:
A oração do Pai Nosso (Mateus 6:9-13)

Ou ouça o podcast no Spotfy:

Como lidar com um “não” de Deus

Você sabe ouvir um “não”? Tem gente que tem muita dificuldade de ouvir um não. A verdade é que não é fácil ouvir um não, nem das pessoas, nem de Deus. Como foi no caso de Moisés, que ao pedir que Deus revisse Sua decisão e o deixasse entrar na terra prometida, ouviu: “Chega! Não me fales mais nisso” (Dt3.26). 

O que podemos aprender nas Escrituras sobre como lidar com um “não” de Deus?

Um não de Deus ensina que a vida tem limites. É possível dizer que o não a Moisés foi parcial, pois Moisés disse: “… me deixes atravessar, para que eu veja essa boa terra” (v.25). Um pedido duplo: atravessar e ver a terra. Deus permitiu que ele subisse ao monte Pisga e visse a terra, mas não o permitius tem colocado sobre nossa vida nos liberta de devaneios, e protege outros e a nós mesm atravessar a terra, isto seria feito por Josué” (v.28). Conhecer os limites que Deuos. Lembro da história de um americano que viu no Brasil um século atrás uma terra promissora para o Evangelho e pensou em se apresentar como missionário. Porém, refletiu e decidiu que, devido à sua idade, o melhor seria preparar um jovem casal para tal missão, o casal Bagby. E, como sabemos, Deus abençoou. Uma das orações mais sábias que podemos fazer a Deus é pedir que o Senhor nos ensine a conhecer nossos limites (Sl 90.12).

Um não de Deus pode ser um sim para algo melhor. A vida de Moisés foi bonita. Seus primeiros 40 anos, educado na corte egípcia. Mais 40, aprendendo a pastorear no deserto. Os últimos 40, libertando o povo do Egito e o conduzindo no deserto. Alguns dizem que Deus preparou Moisés 80 anos para usar 40. Mas, o que aconteceria se ele cruzasse o Jordão? Sua história terminaria bonita assim? Ou, seria como a de Ezequias, um dos melhores reis que Judá teve, mas que pediu mais anos de vida a Deus depois de receber o aviso que morreria? Deus lhe concede mais 15 anos. A Bíblia, porém, afirma que o coração de Ezequias se exaltou e foram esses seus piores anos (2º Cr 32.25). Já Moisés, talvez, lá no céu nos diga: “Eu até fiquei triste com aquele não de Deus, mas hoje vejo que foi melhor… Eu não entrei na Canaã terrena, mas na Canaã celestial”. 

Um não de Deus, pode nos fazer melhores. Como a gente vê no caso de Paulo, que pediu três vezes para Deus lhe tirar um espinho na carne, posto, segundo ele mesmo, para que não se ensoberbecesse. Mas, a resposta foi: “Minha graça te basta, pois meu poder se aperfeiçoa na fraqueza” (2ª Co 12.7-9). Como diz o Eclesiastes, “a tristeza melhora o coração” (Ec 7.3). Ou seja, no plano de Deus de nos fazer de crianças espirituais a pessoas à estatura do Varão perfeito há alguns “nãos” incluídos. Aliás, diz a boa pedagogia que as crianças precisam aprender a também ouvir “não”. É como conta um avô, que num passeio, sua neta disparou em corrida em direção à rua, na qual vinha um carro com certa velocidade, ao que o avô gritou: “não!”. Ela parou imediatamente e o carro passou. Ouvir e atender ao não, lhe salvou a vida. 

Nem sempre é fácil ouvir um não. Pela fé, porém, podemos crer que um “não” de Deus é um sim para coisas melhores. Pedir que seja feita Sua vontade e louvá-lo em cada oração, faz parte da oração madura. Como disse o salmista, “aos retos convém o louvor” (Sl 3.1).

Texto do Pr. Ricardo Arakaki no informativo da PIB do Brás do dia 23/07/2023.

Façamos o bem a todos, especialmente aos da família da fé

📜Antes, seguindo a verdade em amor, cresçamos em tudo naquele que é a cabeça, Cristo. Dele todo o corpo, ajustado e unido pelo auxílio de todas as juntas, cresce e edifica-se a si mesmo em amor, na medida em que cada parte realiza a sua função.
(Efésios 4:15‭-‬16 NVI)

Como parte, como membro Corpo, temos responsabilidade sobre o todo, cada um de nós como o pastor. Cada um é responsável pela edificação e crescimento saudável desde corpo.

A edificação desse corpo acontece sob a liderança de um só cabeça, Jesus (Ef 4:15). O dono é aquele que compra, neste caso Jesus Cristo, Ele é o único senhor e dono desta igreja. Os pioneiros dessa igreja, o corpo diaconal, o coral, o pastor, nenhum desses comprou a igreja, todos nós fomos comprados pelo sangue do Cordeiro.

Por isso irmãos, antes de fazermos qualquer coisa dizendo que “fazemos em nome Dele”, precisamos ir até Ele para ouvir, perguntando “Senhor, isso que está no meu coração é o que o Senhor deseja?”. Ele é o Senhor, nós somos os servos. Mas precisamos ser servos que pedem e aceitam ser orientados por Ele para saber qual é o serviço.

A edificação do Corpo acontece através do uso dos dons e talentos dos membros. Não ter certeza da sua vocação é algo a considerar. Mas ter a convicção do que não é seu talento é um excelente começo. Não se trata apenas da atuação de cada parte, mas da correta (Ef 4:16, Rm 12:6-8).

📜Temos diferentes dons, de acordo com a graça que nos foi dada. Se alguém tem o dom de profetizar, use-o na proporção da sua fé. Se o seu dom é servir, sirva; se é ensinar, ensine; se é dar ânimo, que assim faça; se é contribuir, que contribua generosamente; se é exercer liderança, que a exerça com zelo; se é mostrar misericórdia, que o faça com alegria.
(Romanos 12:6‭-‬8 NVI)

Não importa qual a fração de poder que Jesus distribuiu a você, ela é essencial para a igreja. Os membros do Corpo que parecem ser mais fracos são os essenciais.

O alvo do crescimento do Corpo é a edificação no amor. Quando crescemos no amor nos aproximamos da estatura do varão perfeito e Jesus aparece.

📜Portanto, enquanto temos oportunidade, façamos o bem a todos, especialmente aos da família da fé.
(Gálatas 6:10 NVI)

Veja (ou reveja) a mensagem do pastor Ricardo Augusto Arakaki no culto matutino no nosso canal do YouTube.

Esteja conosco aos domingos, salve a imagem com nossa programação fixa:

Culto de posse do pastor Ricardo Arakaki

É hoje! Chegou o dia tão aguardado!

08 de julho de 2023, data de posse do nosso novo pastor e presidente de nossa Igreja, escolhido por eleição em assembleia em dezembro de 2022.

O pastor Arakaki e a família chegaram no sábado (reveja nossas publicações) e nos juntamos a eles em oração pelo novo momento que viveremos.

Veja parte da nossa jornada de oração pela chegada deles:

E a expectativa no dia:

[Atualização em 10/07/2023, 17h]

Veja (ou reveja) o culto de posse:

Missão cumprida! Bem-vindo, pastor Arakaki!

Texto do Pr. Irland Pereira de Azevedo, pastor interino da PIB do Brás, no informativo do dia 02/07/2023:

Com minha participação no culto da próxima quarta-feira, 5 e cerimônia de posse de nosso novo Pastor, dia 8, encerrarei minha missão nesta amada igreja!

Quando iniciei, e, mais tarde, na elaboração das metas ou propósitos para o primeiro semestre deste ano, assinalei compromissos para este período de interinidade como Pastor aqui na PIB do Brás. E acredito, apesar de um período de dez dias de enfermidade, que acabei cumprindo todos eles, com minhas deficiências, é óbvio, e até mesmo por minha idade avançada. Mas em tudo e por tudo, louvado seja Deus!

Encerro muito feliz este período de ministério, pois contei com a cooperação e simpatia da igreja e sua liderança e com a graça capacitadora do Senhor. E como foi bom servir! Preguei, ensinei, dei aconselhamento pastoral, visitei algumas famílias, orei por todas. Sim, foi muito bom.

Desejo ao Pastor Ricardo Arakaki as mais ricas bênçãos do Senhor, tanto em seu ministério nesta igreja e convívio com todos os irmãos, como na intimidade de sua família. O nome dele será escrito todos os dias no meu conhecido Livro de Oração.

“Até aqui nos ajudou o Senhor”.

Como está o seu coração para o aniversário de 112 anos da nossa amada igreja?

Até que Ele venha!

Como está o seu coração para o aniversário de 112 anos da nossa amada igreja?

Nossa primeira noite de celebrações foi muito emocionante!

Teve bolo e parabéns depois do culto de celebração dos 112 anos da nossa amada igreja, que teve mensagem do pastor Marcos Grava, da PIB Santo André e inspiração musical do Coral Principal e da Equipe de Cânticos.

O pastor Marcos Grava, conhecido por ser ex-atleta de handebol e presidente da organização Atletas de Cristo, desde 2017 pastor presidente da Primeira Igreja Batista de Santo André, a 6ª igreja filha da PIB do Brás, iniciou sua mensagem na celebração dos 112 anos da nossa comunidade relembrando o que deverá acontecer “até que Ele venha”.

Informando sobre os povos não alcançados pelo Evangelho, tema de uma conferência missionária que nossa igreja filha realizou no mês passado, o pastor Grava nos convidou à leitura da porção de Mateus 24:4-14, o discurso escatológico do Senhor Jesus.

O que celebramos em 2023?

Confira os registros de Maria do Carmo, Percílio, Débora, Jhones e Samantha.

Os bebês:

As crianças:

E a celebração continua!

Veja os nomes dos nossos preletores e equipes de louvor e adoração:

Dia 09/06, às 19h30:
“A igreja proclama o Evangelho”, culto com mensagem do pastor Eliezer Victor Pereira, da PIB Penha e inspiração musical do Conjunto Adorare.

Dia 10/06, às 19h30:
“A igreja anuncia esperança e paz”, culto com mensagem do pastor Sidnei Azevedo, da IB Vila Gerte de São Caetano do Sul e inspiração musical do Coral Masculino da PIB do Brás.

Dia 11/06:
“A igreja se prepara para receber Jesus”, culto dominical matutino (às 9h) com mensagem do pastor Ricardo Augusto Arakaki (online, direto da Suíça), pastor eleito da PIB do Brás que será empossado no dia 09/07/2023. Inspiração musical do Quarteto Jade.

“A igreja anuncia o Reino e a redenção”, culto dominical vespertino (às 18h30) com mensagem do pastor Irland Pereira de Azevedo, pastor interino da PIB do Brás e com celebração da Ceia do Senhor. Inspiração musical do Coral Principal da PIB do Brás.

Esteve aqui? Marque a @pibdobras nas suas publicações também 📲

Veja abaixo as fotos do dia 08/06/2023:

Conferência de Planejamento

Registro da Conferência de Planejamento que aconteceu no sábado, 25/02, na nossa amada igreja.

O pastor Irland iniciou a instrução aos líderes e membros da PIB do Brás reforçando a importância do planejamento.

Por que planejar?

Isso não conflita com a fé e a dependência de Deus?

Partindo do Evangelho de Lucas (Lc 14:25-35) o pastor nos deu duas razões para planejar:

– Deus nos dá a inteligência e a capacidade de antecipar os acontecimentos futuros
– A Bíblia nos fornece exemplos e modelos de ação planejadora

Nesta oportunidade ímpar de aprendizado, a igreja elaborou metas para o primeiro e o segundo semestre deste ano.

Quer saber mais? Converse com os líderes da igreja nos próximos domingos, saiba das impressões deles, pergunte quais os planos e como você pode ajudar!

Este trabalho contou também com a participação (em notas) do pastor Ricardo Arakaki, que em julho assumirá nossa igreja.

Ore por esse trabalho. Ore pelos pastores Irland e Arakaki.

Um final de semana muito produtivo

Nosso querido pastor Irland convocou a igreja para as atividades deste final de semana:

– Conferência de Planejamento no qual liderança (e membros que desejem participar) elaborarão metas para o primeiro e o segundo semestre deste ano. Este trabalho contará também com a participação (em notas) do pastor Ricardo Arakaki, que em julho assumirá nossa igreja. Este evento terá início pontualmente às 13h35 do sábado, 25/02.

– Roda Viva com a Juventude JPC e um encontro com adolescentes, uma oportunidade ímpar para nossos jovens tirarem todas as dúvidas a luz da Palavra de Deus com nosso pastor interino, um dos mais queridos e respeitados do Brasil. O Culto JPC inaugura neste sábado seu novo horário: 18h30.

– Assembleia ordinária no domingo, 26/02, logo após o culto matutino e antes da Escola Bíblica Dominical.

Esteja conosco!

Primeira Igreja Batista do Brás
Rua Major Otaviano, 363 – Belenzinho – 03054-050
São Paulo / SP – Próximo ao Metrô Bresser
Tels: (11)2693-1764 | 2693-8998
www.pibdobras.com.br

Acompanhe nossa programação fixa:
– Domingos: Culto Matutino, às 9h, e Culto Vespertino, às 18h30
– Quartas-feiras: Culto de Oração e Estudo Bíblico, às 20h
– Escola Bíblica Dominical para todas as idades, todos domingos, às 10h30, após o culto matutino.
– Encontros de MCM, SMM, MR e ER domingos, às 17h, antes do culto vespertino.
– Cultos em espanhol todos os domingos, às 16h.

No serviço do meu Rei – posse o pastor Irland Pereira de Azevedo na PIB do Brás

“Além de outras coisas, ainda pesa diariamente sobre mim a preocupação com todas as igrejas”. (2Co 11.28)

O Apóstolo Paulo refere-se às pressões que sofria e ao cuidado ou preocupação com as igrejas que vira nascer em sua missão apostólica.

Com mais de 62 anos de labor pastoral, 39 dos quais em pastorados efetivos, tenho sido desafiado pelo Senhor a servir em pastorados interinos ou em orientação e ajuda em processos de sucessão pastoral, desde 2004. De lá até hoje, servi como pastor interino e coordenador de processo de transição pastoral nas seguintes igrejas: PIB São Paulo, IB do Méier (no Rio de Janeiro), IB Ipiranga, IB Paulistana, PIB de Taubaté, IB da Liberdade e IEB em Vila Antonieta, SP e neste ano, como consultor, à PIB do Brás, à PIB de Guarulhos e à PIB de Taboão da Serra, todas em SP. E toda semana, oro por mais de 580 pastores e suas igrejas! Pois bem. Pela bondade e providência de Deus, e decisão desta igreja, estou assumindo hoje seu pastorado interino, até a posse do novo Pastor eleito, Pr Dr. Ricardo Arakaki, em 8/7/2023.

Conto com as orações, a confiança, o compromisso e a cooperação de todos os irmãos, comprometendo-me, diante de Deus, a cuidar do preparo da igreja para receber o novo Pastor, mediante a pregação bíblica e abordagem de temas relacionados com a igreja no NT e em nossos dias, bem assim sobre natureza, propósito, funções e qualificações do ministério pastoral, além de temas da teologia e da ética cristã; procurar conhecer a realidade, história, estrutura, desafios, carências e anseios desta igreja, de modo a servir de maneira relevante, no período de minha interinidade; apoiar e incentivar as áreas ministeriais para seu melhor desempenho, conduzir um encontro de planejamento, para adoção de metas importantes neste ano, inclusive com ideias e sugestões do novo pastor eleito; afirmar ou reafirmar nosso compromisso com as Sagradas Escrituras e com os princípios, posição doutrinária e práticas batistas que nos têm caracterizado; atender, quando estiver ao meu alcance, expectativas da igreja, expressas em reunião com seus líderes; incentivar a otimização de recursos humanos e materiais da igreja e sua liderança, despertar novos líderes e motivá-los todos, antigos e novos; trabalhar em estreita comunhão e colaboração com a diretoria estatutária da igreja e valorizar e honrar o ministério e legado de pastores que aqui serviram ao longo dos anos, com competência e dedicação.

A Deus toda honra e toda glória! Que Ele nos abençoe ricamente!

Um abraço Pr Irland Pereira de Azevedo

(em texto no boletim informativo da PIB do Brás no dia 05/02/2023, data de sua posse como pastor interino da igreja)

Confira a mensagem do pastor Irland no culto matutino do domingo 05/02/2023: